Os benefícios do parto humanizado não acabam com o nascimento do bebê

Parto humanizado
Dia após dia, casais que estão esperando a chegada de um novo bebê, optam pelo parto humanizado. Inclusive, vários hospitais já têm aderido a esse tipo de parto. Isso se deve ao fato do parto humanizado, priorizar o bem-estar da parturiente e do bebê e a mulher ter autonomia para decidir como quer parir. Tem a ver com acolhimento. Ela escolhe a melhor posição e tem apoio da equipe médica para se movimentar, comer, beber, tomar banho. Pode reduzir a luminosidade do ambiente, ouvir músicas, tomar chás e contar com o suporte do esposo ou de outras pessoas. Podem contar com os serviços de uma “Doula”, que significa “mulher que serve”. A doula é uma profissional treinada para servir a mulher durante o ciclo gravídico-puerperal. A função da doula é fornecer apoio emocional, físico e informativo à gestante. O trabalho dos envolvidos no parto humanizado é no sentido de garantir que a gestante esteja em um ambiente seguro, acolhedor e tranquilo.
Mas e depois que o bebê nasceu, como continuar seguindo a mesma filosofia?
Hoje em dia, encontramos Hospitais inteiros que trabalham com humanização. Também a Odontologia Humanizada vem ganhando espaço.
A saúde começa pela boca. Nossos dentes fazem parte de uma verdadeira engrenagem que movimenta todo sistema digestivo.

amamentação
Reforçar que a importância da amamentação vai além das qualidades supernutritivas do leite materno, ou do estreitamento dos laços afetivos entre mãe e filho, mas também tem participação direta no desenvolvimento da face do bebê, fortalecendo a musculatura orofacial e estimulando no desenvolvimento da mandíbula. Com a amamentação, o bebê aprende a respirar e a realizar as funções de mastigação e deglutição corretamente.
Através da sucção do leite materno é que o bebê exercita e fortalece os a língua, os lábios e as bochechas, que são os responsáveis pela articulação das palavras. e para que a criança consiga, na época certa, falar corretamente.
Hoje existem dentistas treinados e focados em atender gestantes e fornecer a essas futuras mamães todas as informações necessárias para que seu filho tenha um desenvolvimento facial adequado, uma primeira dentição saudável e livre de cáries.
Mas onde a Odontologia Humanizada se diferencia da Odontologia Convencional?

Na Odontologia Humanizada, o profissional faz uso de Terapias Complementares, além das técnicas e equipamentos convencionais.

Cromoterapia, Aromaterapia, Florais, Hipnose Clínica, Massoterapia, Acupuntura são algumas das alternativas que o profissional pode utilizar para dar ao seu paciente, em qualquer idade e em qualquer condição bucal, um atendimento personalizado, onde ele se sinta acolhido, seguro e informado.
São profissionais que não só investem em sua carreira, se atualizando constantemente, mas também cuidam de sua parte física, psíquica e emocional com esmero, para estarem inteiros no momento em que forem realizar um atendimento ao seu paciente, explica Dra, Priscila Ferreira, que trabalha com humanização e ministra cursos para dentistas que querem trabalhar com este conceito.

A boa notícia é que esse tipo de atendimento não se restringe apenas a pessoas com condição financeira abastada. Inclusive muitas prefeituras têm procurado aderir ao sistema para utilizar em postos de saúde. Assim como no parto humanizado, a Odontologia Humanizada está ao alcance de todos, basta procurar um profissional habilitado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *